Graduações

 

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

A administração está muito mais ligada ao nosso cotidiano do que nos imaginamos e tem muita importância no dia a dia. Muitas pessoas,a maioria das pessoas nunca parou para pensar que a administração está muito mais presente em suas vidas, do que elas acham. A grande maioria acha que a Administração só está presente dentro das empresas e escritórios e só é necessária para esses dois, mas estão enganadas.

As pessoas não percebem, mas a administração está inserida em nosso cotidiano. Por trás tudo envolve administração.Começando pelos lares das pessoas.Para se manterem em ordem é preciso saber organizar, estabelecer regras, resolver problemas, realizar melhorias.Os lares bem sucedidos e que convivem em paz são aqueles bem administrados pelos chefes de família.Aliás, os lares são parecidos com as empresas,pois possuem os chefes que decidem, estabelecem as normas, resolvem problemas.As pessoas que convivem juntos tem de se entenderem conviverem em harmonia, se ajudar como uma equipe e isso só é possível graças a capacidade das pessoas em gerir seus lares.

O que aconteceria se nas ruas não houvesse semáforos, placas de sinalização, se no transito não houvesse os limites. Seria uma confusão generalizada. Mas por trás de toda a organização que há no transito, por trás das regras que existem, está a administração e as organizações, pois foram elas que organizaram o mundo, o transito,estabeleceram as limites.No exemplo do transito, para que tudo ocorra bem, há muito esforço de várias organizações, como as que fiscalizam e aplicam mulltas, as que planejam o trânsito, as ruas e avenidas.

Tudo que existe no mundo de hoje, como empresas, objetos, móveis, eletrodomésticos, a maneira como o mundo está organizado, é fruto da administração. Os móveis que fazem parte dos lares das pessoas só estão ali porque há uma empresa, que os produziram e comercializaram e por trás das empresas está o planejamento dos administradores.

Seria difícil também o mundo sem empresas, aliás, seria impossível, pois as empresas e organizações surgiram para atender as necessidades das pessoas, como hospitais, escolas, fábricas, restaurantes. O que seria dos humanos sem hospitais? Para que os hospitais, escolas, restaurantes e fábricas existissem houve um estudo detalhado e profundo, sobre as necessidades das pessoas, do que elas precisavam, de quais serviços seriam oferecidos nos hospitais, restaurantes e etc. Ou seja antes de tudo é preciso saber criar um plano de negócios, que identifique esses pontos, antes de tudo é preciso administração.

 

 

CURSO PEDAGOGIA

A sociedade contemporânea tem sido assinalada por rápidas modificações de desempenho, que se refletem claramente na área educacional. Para acompanhar essas alterações, governos e educadores se empenham numa fundamentada reconstrução sobre a concepção de educadores. Através desse contorno contemporâneo dado à educação e às sucessivas mudanças em seu conceito, deixa de ser reservada a atuação de ensino-aprendizagem somente em espaços escolares formais, esse procedimento atravessa os muros da escola, para diferentes e diversos setores como: ONGs, família, trabalho, lazer, igreja, sindicatos, clubes, etc. Faculta-se atualmente devido às mudanças ocorridas um novo cenário para a educação, dando uma cartografia significante à educação não formal.

O pedagogo, na sociedade em que vivemos passa a atuar como educador social em empresas, hospitais, ONGs, associações, igrejas, eventos, emissoras de transmissão (rádio e Tv), formando atualmente, um novo panorama de ação deste profissional, que ao atravessar a divisória da escola, invalida preconceitos e idéias de que o pedagogo está apto para exercer suas funções apenas na sala de aula. Nos dias atuais o lema é de que onde houver uma prática educativa, se instala uma ação pedagógica. O processo de ensino-aprendizagem é vivenciado não somente dentro da escola, mas é uma ação que acontece em todo e qualquer setor da sociedade, que se caracteriza como a sociedade do conhecimento, porque a educação formal e a não formal caminham paralelamente e tornam a educação o principal instrumento contra a desigualdade social.

Pedagogia se refere à arte, ciência e profissão de ensinar. O curso de Pedagogia tem sua origem vinculada à Faculdade Nacional de Filosofia, Ciências e Letras e à de Educação, criada em 1937. A licenciatura em Pedagogia, nos termos das diretrizes curriculares nacionais, assegura a formação de profissionais da educação prevista no art. 64 da Lei nº 9394/96 que diz:A formação de profissionais de educação para administração, planejamento, inspeção, supervisão e orientação educacional para a educação básica, será feita em cursos de graduação em pedagogia ou em nível de pós-graduação, a critério da instituição de ensino, garantida, nesta formação, a base comum nacional. Ao mesmo tempo em que forma professores, a Pedagogia prepara pessoas capazes de compreender e colaborar para a melhoria da qualidade em que se desenvolve a educação na realidade brasileira, envolvidos e compromissados com uma formação da idéia de transformação social.

 

 

CURSO SERVIÇO SOCIAL

Quantos casos de injustiça social você ouve por semana pelos noticiários ou andando pela rua mesmo? Quantas histórias você ouve de uma pessoa pobre que é presa por um motivo muito menor, se comparado com o crime de um determinado político? A resposta pra essas perguntas tem que ser “várias”, se você percebe as coisas que acontecem ao seu redor.É muito triste dizer isso, mas a quantidade de histórias que você fica sabendo não chega nem perto do total verdadeiro, nem perto da METADE, jovem.

Tendo em vista toda essa desigualdade de direitos, a gente percebe a importância de um profissional em Serviço Social, que existe justamente pra diminuir essa desigualdade e facilitar o acesso aos tais direitos pra galera que precisa (ou ainda nem sabe que precisa mas possui esse direito).O assistente social cumpre a sua missão planejando e executando políticas públicas com o objetivo de integrar a rapaziada na sociedade. O programa pode ser ligado à saúde, educação, alimentação, etc.

Mais do que qualquer outro profissional, o assistente social precisa saber lidar com as pessoas. Muitas vezes as pessoas que são atendidas por ele não querem se abrir, ou então passaram por situações que deixaram traumas, logo, não gostam de ficar relembrando. Em alguns casos, tem até que agir como um profissional da Psicologia.

Mas o trabalho do assistente social é justamente tirar a pessoa dessa situação, então precisa conseguir conversar com pessoas que vivem nesse contexto.O profissional também tem que se manter atualizado quando o assunto é sobre as mudanças na política, na economia ou qualquer outra área que possa afetar a sociedade.

 

 

CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA

Historicamante a Educação Física passou por diversas tranformações e entendimentos no âmbito escolar, conforme consta nos PCNs (Parâmentros Curriculares Nacionais), passando pelo higienismo, militarismo, até sofrer forte influência dos pensamentos pedagógicos.

A partir daí, iniciam-se algumas tendências pedagógicas no âmbito escolar através de abordagens, sendo elas a psicomotora, construtivista, desenvolvimentista e crítica. Dessa forma, com novas pesquisas e estudos, a Educação Física Escolar vem inovando e proporcionando aos educandos novas formas de ensino/aprendizagem em busca de novos co-nhecimentos.

Hoje a Educação Física em âmbito escolar é uma disciplina que atua desde a a educação infantil, passando pelo ensino fundamental I e II, ensino médio, EJA e também com atuação nas universidades.

Em cada grau de escolaridade, a Educação Física Escolar tem sua atuação planejada conforme a idade e a capacidade de entendimento do educando, desenvolvendo com responsabilidade os conteúdos previstos.

Não existe nenhum documento oficial que dispense o aluno da prática da Educação Física, a não ser os já existentes na LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) 9394 Lei nº 10.793.
Ou seja, os alunos praticantes de atividades em academias e modalidades esportivas de treinamentos não poderão ser dispensados da prática da Educação Física, pois a disciplina desenvolve atividades e habi-lidades da cultura corporal de forma que os alunos possam praticar e refletir. Pelo que podemos entender, as escolas que dispõem desses níveis de ensino devem obrigatoriamente ofecer aos alunos a disciplina de Educação Física.

Quanto à resolução publicada no DOU – Diário Oficial da União – no dia 9 de dezembro de 2010 (que desde então vem causando polêmica), que fixa Diretrizes Curriculares Nacionais para o ensino fundamental de nove anos. “Art. 31 Do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental, os componentes curriculares de Educação Física e Artes poderão está a cargo do professor de referência da turma, aquele com o qual os alunos permanecem a maior parte do período escolar, ou de professores licenciados nos respectivos componentes.”

O artigo propõe a dispensa do professor de Educação Física das escolas. Então questionamos o que esses professores iriam ensinar aos alunos, pois eles não possuem formação adequada para atuarem como professores de Educação Física, pois hoje um professor de Educação Física, para atuar em uma escola, deverá no mínino estar cursando a sétima fase do Curso de Educação Física, pois acredita-se que a partir dessa etapa o professor estará apto a desenvolver as atividades que vão ao encontro da disciplina.

Como professores de Educação Física, temos um papel de suma importância dentro da escola, assim como os demais professores em suas disciplinas. Nossos ensinamentos rompem as barreiras das quatro bolas (futebol, handebol, voleibol e basquetebol), pois somos também pesquisadores e nos especia-lizamos nessa área do saber para proporcionar à comunidade escolar um ensino de qualidade.

Trabalhamos com princípios de inclusão e diversidade, dando oportunidade a todos de forma igualitária, respeitando suas capacidades conforme sua idade ou dificuldade.